Portal JC.com - Um Jeito Novo de Informar e Divulgar

Widgets

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.8/5 (33021 votos)


ONLINE
1








Total de visitas: 2018120

Pensar 3

Pensar 3

 

foto

 

Veja também nossas outras páginas

       REFLETIR 1       REFLETIR 2       REFLETIR 4        
 

 

A EDUCAÇÃO SEM EDUCAÇÃO

 

Educação 
Linda palavra EDUCAÇÃO, mas o que dizer quando dentro desta mesma palavra ela soa que não há educação.
Quando no referimos sobre educação, de imediato vem em nosso pensamento uma pessoa instruída, preparada para a vida, ou seja, bem educada.
Mas educação não se resume somente a este pequeno item, é muito mais.

 

Precisamos e devemos nos conscientizar que educação, é toda a preparação, formação e desenvolvimento do ser humano até chegar a uma plena cidadania.
É possível haver educação sem educação?
Acredito que sim, podemos ver e perceber as grandes diferenças e dificuldades sobre o relacionamento aluno-professor nos dias atuais. Podemos constatar que atualmente este relacionamento é bastante conturbado, e muitas das vezes, cheio de problemas, visto que, praticamente todos os dias há sempre alguma noticia pela mídia sobre problemas sofridos por partes de professores e alunos, ou seja:
Alunos atacando professores e professores perdendo o domínio de seus atos.
Problemas com drogas, problemas com violência e intimidação.
Falta de estrutura e condições no ambiente de trabalho.
Professores sem incentivos e desmotivados para exercerem com competência e eficiência sua profissão.
Falta de segurança.
Um conjunto de problemas que só agravam mais ainda a situação entre alunos e professores.

 

Porquê de tudo isso?

 

Em minha opinião (longe de ser o dono da verdade), nos dias atuais a sociedade de um modo geral sofre uma perda de vários valores morais que norteavam as condutas sobre vários assuntos e até mesmo sobre várias profissões.
De uma maneira geral, esta havendo fatores que tem causado a deterioração da conduta e do modo de agir, isso se referindo à educação.
Podemos ver que por alguns fatores esta acontecendo um processo de agravamento sobre a relação aluno/professor/escola.

 

Em minha opinião destaco alguns aqui:
Drogas nas escolas (não há como esconder isso),

 

Pais sem o controle de seus filhos (hoje o filho tudo pode) faltam à obrigação de impor limites, transferindo para a escola e o professor a obrigação desta tarefa, sendo que, muitos pais nem sequer se preocupam com isso, acham que é a escola que tem que ensinar tudo, se eximindo desta responsabilidade. E quando percebem alguma coisa que eles acham errado no filhinho, caem em cima da escola e do professor.
Esses pais se esquecem de que muito da formação de uma criança se começa em casa, essa educação é uma parceria entre a família e a escola, dai a situação funciona.
Uma coisa importante é a própria conduta de nossos governantes. Fala-se muito em ensino de qualidade, profissional qualificado, escolas modernas, remuneração compatível e merecedora com o trabalho de um professor.

 

Mas, o que vemos muitas vezes é que este governante trata a educação com uma falta de prioridade, relegando- a há um segundo plano, quando não mais. Tratando a educação não como uma necessidade primordial, mas sim como uma coisa paralela, usando mais politica e outros interesses do que realmente atitudes reais para estabelecer uma educação de qualidade.
Incluindo nisso, recursos escassos e que nunca chegam, escolas em péssimo estado, salário de professores muito abaixo do que deveriam receber, falta de estímulos na carreira, em muitos lugares, falta de um plano de carreira. Reivindicações que nunca são atendidas. Cargos por indicação politica e não por capacidade e merecimento. Falta de comprometimento em investimentos para uma melhoria e capacitação destes professores.

 

Os alunos são desconsiderados quanto as suas necessidades individuais. As salas de aula são um horror, faltam mesas, cadeiras, material didático e assim por diante. Tudo isso somado e refletido na forma de trabalhar deste profissional.

 

Não tem como educar nesta situação, torna-se praticamente impossível qualquer trabalho eficiente.

 

Na verdade, o caminho a seguir seria voltar a valorizar, a competência, a cidadania, solidariedade, bondade, respeito pelo próximo. Procurando trazer de volta a família como instituição de formação e educação dos filhos e não simplesmente achar que só a escola resolve o problema da educação de uma criança.
É neste sentido que acho que só recuperando estes valores é que poderia voltar a pensar em uma educação voltada para a formação do cidadão consciente, educado e respeitador.
Para a escola formar um cidadão consciente, ela precisa ter um grupo de professores capacitados, remunerados e dispostos a trabalhar em prol deste aluno. Não adianta receberem planejamentos prontos das secretarias ou coordenadorias, para serem aplicados na sala de aula. O professor tem de estar motivado a trabalhar com o aluno, na procura dos valores que serão desenvolvidos e aprendidos em sala de aula.

 

Na realidade, o que todos desejam seja, professores e os pais é que haja uma educação de qualidade para seus filhos.

 

Marcelo Martins
 

COMO É DIFÍCIL CONVIVER COM A DESONESTIDADE

Desonestidade

 

Será desonestidade um desvio de caráter?
Vivemos em um mundo onde em qualquer lugar é muito fácil encontrar e perceber pessoas desonestas, seja em qualquer situação cotidiana presenciamos e vivemos cercados por desonestidade das mais variadas formas. Não podendo esquecer também aquele que rouba por um transtorno no controle do impulso. Ou seja, é desonesto por doença, dando-se o nome a isto como cleptomaníaco.

 

Fala-se muito em ser honesto, mas na realidade é uma das atitudes mais difíceis de serem mantidas e aplicadas em nossa vida. Estamos sujeitos a vários fatores que levam muitas vezes a cometer este ato.
Estamos sujeitos a muitas situações onde se afloram este pensamento e muitas vezes praticamos tal ato.
Pensando sobre a definição do que é ser honesto, entendo que a honestidade passa por uma questão de educação, partindo do principio de que quanto mais educado, mais honesta é a pessoa.
Mas podemos ver que infelizmente mesmo pessoas que foram rigorosamente educadas, instruídas corretamente, com consciência de todos seus atos sejam para o que é certo ou errado podem vir a desenvolver e praticar a desonestidade.

 

Neste raciocínio cabe uma pergunta, Porque desta pessoa desenvolver este ato?

 

Tenho por opinião, e algumas delas comprovadas em situações que vivi e vivo que, este comportamento e atitude se devem por alguns fatores, sendo que:
Por uma ambição desenfreada, sem limites.
Obsessão e desejo de ter o que não se pode comprar.
Desejo de enriquecer sem fazer força, à custa do dinheiro de outras pessoas.
Facilidade de se apoderar de coisas sem se importar de quem são. 
desonesto

 

O desonesto na verdade, seja por que motivo for sempre acha que esta fazendo a coisa certa (para ele naturalmente), sempre engana a si mesmo com as mais descaradas desculpas para aplacar sua própria consciência que o cobra.

 

Dentro deste raciocínio, podemos perceber (em minha opinião) que, existem fatores que contribuem para chegar a isso. Sempre tive comigo que para uma pessoa se transformar em um desonesto, provavelmente ele já tem um sério desvio de caráter, sendo que muitos já trazem isso desde que nasceu, pouco importando de como foi criado, sua educação ou sua estrutura familiar, isso podemos constatar em diversas famílias como a pessoas são diferentes em seus modos de agir e com valores diferentes entre si desde pequenos.

 

Penso também que muitas vezes isso acontece por uma característica de personalidade, desenvolve uma maneira de pensar e agir em benefício próprio, mas acredito que se a pessoa toma conhecimento que esta sendo desonesta, procura ajuda e revertem seus conceitos.
Acredito também que esta maneira de agir seja por um lado relacionado com o comportamento da pessoa, dependendo do ambiente em que se vive com quem se vive e como é sua relação com este meio.
Em minha maneira de pensar acho que este quadro de desonestidade como já disse por uma falta de educação, mas também acho que em muitos casos é a falta de caráter mesmo.

 

Já tive de conviver e presenciar situações com relação a pessoas desonestas que me deixavam muito desanimado e triste. Acredito que o comportamento de uma pessoa desonesta não seja somente o roubo em si. Muito pelo contrário, notava que esta mesma pessoa sempre levantava falso testemunho sobre alguém, sempre conseguia coisas e benefícios passando por cima de outras pessoas, fraudava documentos, não era correto em sua função, mentia e enganava para conseguir favores e vantagens.
Como é difícil conviver com pessoas assim! Quantos de nós não conhecemos ou até trabalhamos com alguém assim?
Torna-se muito complicada viver uma situação com alguém que sabemos que é desonesto.
Por que digo isso?
Vemos como um pequeno exemplo que, pessoas que mesmo com um salário considerado baixo dependendo de uma determinada função acabam enriquecendo sem explicação alguma.
Pessoas que do nada enriquecem e na realidade não há uma justificativa convincente para tal.

 

E o que dizer de pessoas que compram bens e colocam em nome de outras (laranja), medo do que? Será que esse medo é por não ter como explicar essa riqueza toda. Ou seja, coisa conseguida na desonestidade.
Já parou para pensar e ver se não conhece pessoas assim?
Não seja desonesto 
O que adianta acumular bens se foi conseguido de forma errada e sem honestidade, Será que na cabeça destas pessoas elas se acham tão importantes e corretas que não sabem que muitas pessoas sabem como ela enriqueceu.

 

Na verdade, desonestidade não está com nada, esta atitude pode levar o indivíduo a ter uma vida de riqueza, mas acredito que cedo ou tarde a realidade aparece e com certeza a vida cobra cada centavo adquirido na safadeza.
Nada como o dia de amanhã. A verdade sobre nossas atitudes seja certa ou errada sempre vem à tona mais cedo ou mais tarde nesta vida.
Marcelo Martins

 SEM VERGONHA DE SER HONESTO

1

 

Atualmente, é fato corriqueiro presenciarmos a desonestidade nas esferas social e política. É como se a pessoa sentisse vergonha de ser honrado e honesto.

Cada vez mais vemos a injustiça crescer e dominar o mundo, e a desonestidade tomar proporções incalculáveis, parecem que para ganhar poder, ser bem visto admirado e aplaudido, é necessário usar todas as armas disponíveis, mesmo que seja de maneira desonesta e ilegal. O que realmente importa é ser notado.

É comum vermos pessoas que vivem na desonestidade e para justificar tal atitude, usa o seguinte termo: “Todo mundo faz, porque não posso fazer também”, elas acham que com isto, sua consciência fica livre e isenta de qualquer peso, aliás, nem refletem sobre seus atos. É uma ação lamentável a atitude de pessoas que agem assim, demonstrando um grande equívoco nos valores morais aprendidos e divulgados por elas.

Será que nunca tivemos tempo de parar para pensar que todos nós, possuímos um espírito livre e independente, e que um dia receberemos a recompensa de acordo com nossas obras.

Somente nós, responderemos por nossas ações, a ninguém mais foi dado este privilégio.

Mesmo que na concepção da maioria prevaleça à desonestidade como caminho para ganhar poder, cada um será responsabilizado, individualmente, segundo nossa própria consciência.

Assim, em minha opinião, não devemos nos permitir entrar na onda que perpassa os mais altos padrões da sociedade, e nem nos deixar levar pelos caminhos mais fáceis, que podem ser resumidos em desonestidade e corrupção, não é porque todo mundo faz, que tenho que fazer também. Precisamos fazer a diferença, ou melhor, precisamos ser a diferença!

Para isto é só não permitir ser arrastado pela maré da estupidez e da ignorância de achar que as más ações ficarão eternamente escondidas. Isto é praticamente impossível e um dia elas virão à tona. É uma tarefa muito difícil fugirmos diante da nossa própria consciência, pois ela (consciência) virá acompanhada da certeza que não possuímos testemunha de defesa, a não serem nossas próprias atitudes.

O benefício que recebemos por dinheiro desonesto é um valor muito pequeno perto do único patrimônio que realmente vale a pena possuir e que nos pertence de fato, que é a honradez, mesmo que alguns achem que o dinheiro é mais importante que tudo, e faz qualquer coisa para tê-lo, mas esquecem de que não levarão estes bens para o túmulo.

A honestidade, dignidade e caráter são bens mais valiosos que alguém poderia ter. Então Não é bom que seja desperdiçado com coisas fúteis e desnecessárias.

 

Na maioria das vezes as pessoas desonestas preferem confiar nas pessoas de caráter oposto ao delas. Isto é um tanto absurdo e contraditório. E por mais que pareça que a desonestidade está em alta e que cada vez mais ganha terreno, fato facilmente demonstrado pela mídia, principalmente através das novelas, contudo precisamos aprimorar nossa percepção em ver e valorizar a conduta honesta e digna. É coisa difícil, mas não impossível.

É comum vermos pessoas que para ganhar vantagem em alguma coisa se habilitam em forjar resultados, fraudar documentos, enganar e extorquir, sem o menor constrangimento, não tem transparência no que fazem.

No entanto pode-se ainda perceber que algumas pessoas são portadoras de valores morais, são confiáveis e geram confiança, são capazes de sustentar suas atitudes tanto nos negócios como nas amizades.

Façamos a seguinte reflexão:

Se a desonestidade se tornar norma de conduta, o que será deste mundo? O que pensar e como agir diante de tudo isso?

A conclusão que deveremos chegar ao final que não devemos ter vergonha de ser honesto, isso nunca!

Pense nisso, para não ser colaborador e propagador da desonestidade!


sonia souza

 

Pub

 

REVISTA QUINZENAL

Revista Novas Ideias/Maio/2018


 foto   

 

foto


You Tube    Facebook
ACESSE CLICANDO NA IMAGEM

PORTAL JC.COM
A face de Jesus
 
JESUS TE OLHA

TERÇO COM
NOSSA SENHORA AUGUSTA
RAINHA DOS ANJOS
Sua Oração faz milagres

TERÇO DIVINA PROVIDÊNCIA 

 

TERÇO MISTÉRIOS GLORIOSOS 


Novas Ideias Reflexão Receitas do Paraná

 Comportamento Saúde Portal JC 

botão logo Portfólio Novas Ideias

LITURGIA DIÁRIA

CONSULTE PARA FICAR 

SEMPRE INFORMADO



anuncio


 


  ACESSOS AO PORTAL


    FOTO

 


A PARÁBOLA DO 

SEMEADOR

 

 

Naquele mesmo dia Jesus saiu de casa e se sentou à beira do lago.  Uma grande multidão se juntou ao seu redor. Havia tanta gente que Jesus entrou num barco e se sentou; e toda a multidão permanecia de pé na praia. Jesus lhes ensinou muitas coisas por meio de parábolas [a]. Ele dizia:

—Certo homem saiu para semear. 4 Enquanto semeava, uma parte das sementes caiu à beira do caminho e os pássaros vieram e as comeram.  Outra parte caiu no meio de pedras, onde havia pouca terra. Essas sementes brotaram depressa pois a terra não era funda, mas, quando o sol apareceu, elas secaram, pois não tinham raízes.  Outra parte das sementes caiu no meio de espinhos, os quais cresceram e as sufocaram. 8 Uma outra parte ainda caiu em terra boa e deu frutos, produzindo 30, 60 e até mesmo 100 vezes mais do que tinha sido plantado.  Quem pode ouvir, ouça.

Para que servem as parábolas

 Os discípulos de Jesus, então, se aproximaram dele e lhe perguntaram:

—Por que o senhor ensina o povo por meio de parábolas?

 E Jesus lhes respondeu:

—Somente a vocês é dado o privilégio de conhecer as verdades secretas do reino do céu e não aos outros.  Pois quem tem, receberá ainda mais e terá em abundância. Mas quem não tem, até o que tem lhe será tirado.  E é por isto que ensino o povo por meio de parábolas: Eles olham, mas não vêem; ouvem, mas não entendem.  Portanto, por intermédio deles acontece o que disse o profeta  Isaías:

“Vocês ouvirão mas, mesmo ouvindo, não conseguirão entender;

vocês olharão mas, mesmo olhando, não conseguirão ver.

 Isto acontece pois o coração deste povo está endurecido.

Eles taparam os ouvidos e fecharam os olhos.

Se não fosse assim, eles poderiam ver com os olhos,

ouvir com os ouvidos e entender com o coração,

e se voltariam para mim e eu os curaria”.

 —Mas felizes são os seus olhos, pois eles podem ver; e os seus ouvidos, pois eles podem ouvir.  Digo a verdade a vocês: Muitos profetas e homens justos desejaram ver as coisas que vocês vêem, mas não viram. Eles desejaram ouvir o que vocês ouvem, mas não ouviram.

Jesus explica a parábola do semeador

 —Ouçam o que a parábola  daquele que semeia quer dizer.  A semente que caiu à beira do caminho representa a pessoa que ouve a mensagem a respeito do reino, mas não a compreende, e Satanás então vem e tira as coisas que foram semeadas em seu coração.  A semente que caiu no meio de pedras representa a pessoa que ouve a mensagem a respeito do reino e a aceita imediatamente e com muita alegria.  Mas, como não tem raiz, não dura muito tempo. Assim que encontra dificuldades ou que é perseguida por causa da mensagem, abandona a sua fé.  A semente que caiu no meio de espinhos representa a pessoa que ouve a mensagem a respeito do reino mas é sufocada pelas preocupações com as coisas desta vida e pela ilusão das riquezas. Essa pessoa não produz nenhum fruto.  Mas a semente que caiu em terra boa representa a pessoa que ouve a mensagem e a compreende. Essa pessoa cresce e produz muitos frutos, algumas vezes trinta, outras sessenta e outras ainda cem vezes mais.


       ⇐ Voltar ao Início 

foto
 
"MINHAS PALAVRAS
NÃO PODEM ESPERAR"
Nossa razão de existir como um portal de divulgação

 

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.

Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.

Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.

Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.

Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,.

Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.

Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.

Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.

Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.

Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.

Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.

Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.

Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.

Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.

Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.

Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação

Salmos 91:1-16

 

 

⇐ Voltar ao Início