Portal JC.com - Um Jeito Novo de Informar e Divulgar

Widgets

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.8/5 (33021 votos)


ONLINE
2








Total de visitas: 2018075

Dicas para seu dia 8

Dicas para seu dia 8

botão

                                 
 
logo
 
Dicas de remédios e sugestões para dormir rápido!


Dormir

Dormir rápido é uma pergunta que diversas pessoas questionam como é possível, devido as grandes preocupações das pessoas do dia a dia.
Existem diversos conselhos práticos que devem ajudar você a descobrir como atingir o sono de forma rápida e acordar do seu descanso depois de um sono tranquilo logo de manhã.
Ás vezes essas alternativas são mais efetivas para algumas pessoas do que para outras por várias razões, e a melhor maneira de se saber se eles poderão vir é começar as implementar e ver o que funcionará melhor para você.

 

Sugestões para um sono rápido
Procure lembrar que essas sugestões deverão o ajudar a descobrir como o sono rápido pode chegar com apenas pequenas mudanças de hábitos quando for dormir, sem mesmo precisar de algum tipo de medicação, esta que poderá em ultimo caso ser utilizada.
Uma boa maneira de se dormir rápido é evitar ter momentos de raiva, pois neste estado os músculos ficam rígidos e a tensão aumenta tirando o sono. Procure evitar discussões durante a noite para que sua mente fique tranquila e você possa entrar em um estado de relaxamento total para que possa dormir.

 

Posição para dormir
Procure se deitar em uma posição confortável, procure também se certificar de que o colchão e o travesseiro são confortáveis, permitindo que você tome uma posição de descanso, se tiver costume de utilizar pijamas, utilize tecidos de algodão, já que é um tecido bastante macio que permite transpirar a pele normalmente.
Se você gosta de dormir na posição de lado, ajuste um travesseiro entre seus joelhos e notará que a posição fica mais agradável.
Tome um bom banho antes de dormir, podendo ainda colocar um purificador de ar dando um agradável aroma em seu quarto ajudando para que relaxe e descanse, até mesmo com alguns aromas que estão disponíveis no mercado vocês poderá utilizar caso necessário.

 

Procure ainda desligar as luzes, e fontes de ruídos que possam o distrair. Não veja tv, leia jornais ou revistas antes de ir para a cama, muito menos na cama pois tiram o sono.
Caso tenha dificuldades, relaxantes musculares ou mesmo antialérgicos leves auxiliam a dormir, para quem tem dificuldade eles dão uma leve sonolência e ajudam bastante neste ponto.

 

Fonte: http://www.dicasdiarias.com/remedios-para-dormir-rapido/

 

Obs.
ESTA POSTAGEM APENAS LISTA ALGUMAS DICAS E ORIENTAÇÕES SIMPLES, EM CASO DE PROBLEMAS MAIS SÉRIOS É ACONSELHAVEL SEMPRE PROCURAR UM MÉDICO ESPECIALISTA PARA SUA SEGURANÇA.

 


 PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER

 

DICAS E ALIMENTOS

 

A luta contra o câncer não é de hoje, mas ultimamente ganhou forças com as pesquisas e estudos avançados sobre sua cura e suas prevenções. Sabe-se que o câncer pode ser sim hereditário, porém muitos podem ser evitados com algumas medidas básicas, como a mudança de alimentação.
O cigarro e o álcool, como todos já sabem, são fortes aliados ao câncer, e seus usos devem ser interrompidos o quanto antes.
A quimioterapia assim como a radioterapia são dois tratamentos para o câncer muito conhecidos, mas de acordo com a Sociedade Brasileira de Oncologia 60% dos tipos de câncer podem ser evitados com a mudança de hábito, principalmente na hora de se alimentar. Determinados alimentos são verdadeiros combatentes contra o câncer.

 

Dicas para prevenir o câncer:

 

1. Elimine a gordura abdominal

 

Perder aquela barriguinha não é só questão de estética, mas principalmente de saúde, pois ela é um dos agravantes para o câncer de intestino. Estudos feitos por pesquisadores do Imperial College London afirmam que a cada 2,5 cm a mais de gordura abdominal, aumenta em 3% o risco de tumor no intestino. A gordura que envolve cintura e barriga reveste muitos órgãos e liberam toxinas, além de desequilibrar os hormônios que o câncer se alimenta. A medida de barriga ideal para as mulheres tem margem de 80 cm e para os homens 94 cm. Exercícios aeróbicos são essenciais para a perda dessa gordura. Correr, pedalar, nadar e dançar ajuda e muito para essa prevenção.

 

2. Evite o consumo de gordura

 

Fast-Food, batata frita, chocolate, bolachas recheadas entre outros alimentos ricos em gordura, são os pratos preferidos de muitas pessoas, principalmente dos adolescentes. Todos esses alimentos são comprometedores para a saúde, pois produzem inflamações nas glândulas e facilitam a produção de tumores. Mulheres tem maior tendência a ter câncer de mama se consumir esses alimentos.

 

3. Coma maça diariamente

 

Um estudo feito pela universidade polonesa de Jagiellonian descobriu que ao comer todos os dias uma maça, reduz em 35% de chance de se ter câncer no intestino. Outro estudo feito pela universidade Cornell, norte-americana, revelou que ao pingar extrato de maça em células de tumores, suas multiplicações cessam.

 

O efeito da maça em tumores, se deve ao grande número de antioxidantes que neutralizam os radicais livres, os causadores do problema.

 

É necessário comer a maça inteira, pois a casca tem 5x mais os benefícios da polpa. Lembre-se que exageros também não são bem vindos, mais de três maças ao dia aceleram a produção de radicais livres.

 

4. Coma cenoura e repolho

 

O consumo de repolho, assim como qualquer outro crucífero, combate o câncer de pulmão, pois contêm isotiocinatos, protetores naturais contra o câncer. É recomendado sempre associar ao repolho outros alimentos crus, assim como a cenoura. A cenoura contém betacaroteno, um eficaz protetor contra o câncer de pulmão. Para esse combate basta ingerir um miligrama no dia de betacaroteno, sendo que uma cenoura média é constituída de pelos menos seis miligramas.

 

5. Consuma vegetais

 

Os vegetais são fortes agentes contra o câncer de mama. Uma pesquisa feita pela Universidade de Hopkins, nos Estados Unidos, revelou que os brócolis tem sulfonana em abundancia, um fito bioquímico que inibe a fabricação das proteínas responsáveis pela sobrevivência das células cancerígenas.

 

Outro combatente do câncer de mama é a soja, que é constituída de isoflavonas, que atuam como hormônio feminino (estrogênio). A prevenção se deve a esse hormônio, pois ele faz o papel do estrogênio na mulher, não contendo a implicações cancerígenas.

 

6. Observe-se

 

A observação de nosso próprio corpo é essencial para o autoconhecimento e principalmente na descoberta de possíveis manchas, caroços e pintas anormais. Se olhar no espelho é um exercício indispensável.
No Brasil é comum o bronzeamente, pois é sinônimo de beleza, porém a alta exposição ao sol traz consequências graves para o corpo, em especial a pele, podendo causar câncer de pele.

 

Esteja sempre atento a qualquer mudança em sua pele, tais como:

 

- Alterações em pintas, como tamanho, cor e forma;
- Ferimentos que não cicatrizam, sangram e coçam;
- Caroços mais claros, que brilham ou causam coceiras;
- Caroços vermelhos que sangram;
- Manchas ressecadas, ásperas e vermelhas;

 

As pessoas de tons de pele claro e idosas tem maior probabilidade a ter câncer de pele. Use filtro solar sempre, inclusive no inverno, não se exponha ao sol no período de 10h às 16h. Evite o bronzeamento artificial.

 

7. Aleitamento Materno

 

O aleitamento materno traz inúmeros benefícios tanto à criança quanto a própria mãe. Ao ser amamentada a criança fica protegida de inúmeras doenças, e ao amamentar a mãe diminui suas chances de câncer no ovário e útero, pois para a formação do leite materno, o corpo terá que produzir ainda mais glândulas mamárias, nessa formação os causadores do câncer são eliminados.

 

8. Exercite-se

 

O exercício físico é fundamental para qualquer pessoa. Ao caminhar, correr, pedalar ou nadar você acelera o ritmo cardíaco, que regulam os níveis de hormônio, ajudando então na prevenção do câncer.

 

Se tratando do câncer de cólon, exercitar ajuda no aceleramento do processo digestivo, evitando assim o tempo de contato dos agentes cancerígenos com as paredes do intestino.

 

9. Fique atento com seu estômago

 

Nos dias atuais fala-se muito sobre gastrite. Muitas pessoas acham a doença comum e não dão tanta importância. Porém isso é um risco a saúde, pois uma simples dor de estômago pode não ser gastrite, mas início de um câncer.

 

Se alimente bem, consuma vegetais crus, frutas frescas e alimentos que contêm muitas fibras. Evite comer produtos defumados e alimentos industrializados, com corantes e conservantes.

 

Alho é um alimento forte contra o câncer, basta comer um dente por dia que você estará contribuindo para sua prevenção, pois é um grande antioxidante.

 

10. Cuidado com seus pensamentos

 

A mente tem influência sobre todo nosso corpo, ela é muito mais forte do que imaginamos. Muitas doenças podem se desenvolver por meio da mente doente. Pessoas que sentem muita raiva e rancor liberam em excesso em seu corpo hormônios como a adrenalina e o cortisol, esses hormônios vão para o sangue, podendo causar perda de estrutura óssea, redução da síntese de colágeno e mal funcionamento do metabolismo. Contribuindo para o aparecimento do câncer.

 

Estar com a mente sadia, ter bons pensamentos e uma boa relação com o próximo é uma ótima maneira de afastar-se desse mal.

 

Fonte: http://brnoticias.com

 


Adolescência: Tempo de transformações

Por: Terêzia Dias
Psicóloga e terapeuta familiar. Fonte: Revista Família Cristã
 
Adolescência

A partir dos 11 anos, mais ou menos, o "pequeno" começa a enfrentar diversas transformações e, aos 15 anos, dificilmente reconhece-se no jovem a criança que ele foi ha quatro anos. Ele já é uma outra pessoa, mas sente-se ainda assustado e desadaptado a seu novo ser.

A puberdade refere-se ao período no qual se manifestam as características sexuais secundárias, com transformações no corpo e alterações no metabolismo. A adolescência constitui um período mais amplo, que alguns autores consideram uma invenção cultural da sociedade contemporânea.

“Este é um tempo de passagem da infância para a vida adulta, um período de preparação para que a criança se transforme num membro ativo da sociedade, num indivíduo produtivo, criativo, independente e capaz de perpetuar sua espécie”. Assim a Dra. Laura Marisa Calejon — psicóloga e professora de Psicologia do Desenvolvimento nas Faculdades Metropolitanas Unidas, em São Paulo — define puberdade e adolescência, épocas marcantes no processo evolutivo de todo ser humano.

O termo puberdade deriva da palavra latina pubertas, que significa "idade da humanidade". Este período começa aproximadamente aos 11 anos, com o alargamento gradual dos ovários e demais órgãos reprodutores femininos e o desenvolvimento da próstata e das vesículas seminais, nos homens.

Paralelamente, há o crescimento dos seios, a primeira menstruação (menarca), nas meninas; o desenvolvimento da musculatura, a mudança de voz, nos meninos; e o aparecimento de pêlos pubianos. Todas estas mudanças são o resultado do aumento da produção de hormônios pela glândula pituitária anterior.

O hormônio pituitário estimula a atividade das gônadas, ou seja, as glândulas genitais, incrementando a produção dos hormônios sexuais e dos espermatozoides e óvulos maduros. A combinação dos hormônios sexuais com outros hormônios provoca ainda o crescimento dos ossos e músculos.

Entretanto, é importante observar que tanto o crescimento físico quanto a maturação sexual variam muito entre os jovens: um adolescente de 15 anos, por exemplo, pode não apresentar ainda nenhum desenvolvimento característico da puberdade, enquanto outro da mesma idade já revela fisicamente todas as indicações da maturidade.


CONFUSÃO DE IDENTIDADE

Do ponto de vista da psicologia, tais transformações físicas constituem um dos acontecimentos mais dramáticos experimentados por uma pessoa ao longo de sua existência. Porém muitos outros ajustamentos são cobrados dos jovens nesta fase o que torna a adolescência um período de conflitos e crises, que posteriormente terão influência na formação de sua personalidade.

Entre os principais desafios com que, em geral, os adolescentes defrontam, pode-se citar: as exigências de independência e autonomia, os ajustamentos sexuais, os relacionamentos com os companheiros, a preparação para uma profissão e o desenvolvimento de uma filosofia básica de vida, pela qual possam se orientar.

"Este é um período onde várias possibilidades precisam ser escolhidas e muitas potencialidades estão por desenvolver, o que o torna uma fase muito difícil, mais ou menos conflituada, dependendo de como a pessoa evoluiu e elaborou suas crises até este momento" — expõe Dra. Laura.

Erik Erikson, psicanalista e teórico da psicologia do desenvolvimento, denomina a crise desta idade como identidade versus difusão de identidade. Para ele, identidade significa a síntese integradora das diferentes vivências, e o adolescente, que está em busca desta síntese, sente o peso de toda a angústia e tensão resultante da procura e da confusão de papéis que ele está vivendo. Pode-se afirmar que seu problema primordial é responder à pergunta: "Quem sou eu?"

Diz Erik Erikson: "A identidade que o adolescente quer esclarecer é quem é ele, qual será o seu papel na sociedade. É uma criança ou um adulto? Será capaz algum dia de ser marido ou pai? Que será dele enquanto trabalhador e assalariado?... Em suma, será um fracassado ou terá êxito? Em função dessas indagações, os adolescentes preocupam-se, por vezes morbidamente, com sua aparência aos olhos dos outros, comparada à própria concepção de si mesmo e com o modo como ajustar as regras e Habilidades aprendidas anteriormente ao estilo atual".

Evidentemente, o jovem não tem condições de assumir toda a responsabilidade que a sociedade lhe delega e nem mesmo tem ainda consciência de seu papel social. Contudo, para que ele se torne realmente um adulto, precisa resolver-se, definir-se e escolher, do contrário partirá para a vida adulta sem saber o que fazer, quais são seus valores, se se comporta como um homem ou uma mulher, etc.

"Ao resolver a crise de identidade, saindo da confusão de papéis, o adolescente se define no plano sexual, biológico, profissional e ideológico. Assim, poderá desenvolver estruturas e recursos próprios que permitirão viabilizar efetivamente suas escolhas, o que a gente chama de assumir a própria vida" — explica Dra. Laura Marisa.


TRANSFORMAÇÕES QUE ASSUSTAM

Quando as meninas são bem orientadas, chegam à adolescência preparadas para aceitar a menstruação e as demais transformações de seu corpo. Mas esses fenômenos poderão representar acontecimentos ameaçadores e assustadores se não estiverem claramente conhecidos e assimilados. Da mesma forma, os meninos podem se surpreender e se preocupar com o aparecimento de poluções noturnas, isto é, ejaculações do fluído seminal durante o sono, muitas vezes acompanhada de sonhos eróticos.

Entretanto os jovens podem acolher tudo isso como coisas naturais que fazem parte do processo normal do crescimento. "O corpo em transformação passa a ser outro corpo" — afirma Laura Calejon —, “e tanto o menino quanto a menina podem encarar as primeiras manifestações do corpo adulto como uma aquisição importante ou como a perda de sua infância, um tempo que está se acabando”.

Se o desenvolvimento anterior foi satisfatório. “Fica mais fácil elaborar o luto pela infância perdida, valorizando os novos recursos, percebendo sua própria capacidade reprodutora, entendendo que não está perdendo nada e assumindo as responsabilidades pelas novas aquisições”.

Porém as orientações recebidas e as experiências vividas durante a meninice são as mais variadas possíveis, produzindo também as mais diferentes reações na adolescência. Muitas meninas, por exemplo, esperam tranquilamente sua primeira menstruação e sentem-se orgulhosas quando ela chega, e outras sentem vergonha e mesmo medo diante do suposto perigo que ela representa.

Um comportamento assim negativo pode perfeitamente ser evitado, se os pais, sobretudo as mães, ajudarem suas filhas, estimulando-as a sentirem-se felizes com sua feminilidade, representada pelo advento da menstruação, e providenciando um atendimento médico-ginecológico adequado para elas.

Aparentemente os adolescentes de hoje estão mais bem informados sobre estas questões e, portanto, deveriam apresentar menos inquietações. Porém, nem sempre eles recebem as instruções mais correias e apropriadas, principalmente se aprendem somente em conversas com companheiros. Nota-se que muitos jovens apenas reprimem suas ansiedades, desejos e dúvidas e, sem entenderem direito o que lhes está acontecendo, ou sem conseguirem controlar todas as suas fantasias, torturam-se com medos desnecessários e infundados.


O APRENDIZADO DO AMOR

"Na verdade, na primeira fase da adolescência, os garotos e as garotas não possuem muita consciência dos impulsos sexuais. Eles começam a se interessar pelo sexo oposto e a experimentar o amor. E os primeiros amores são sempre coisas muito sérias que marcam para toda a vida, porque constituem experiências novas e profundas e trazem gratificações e frustrações, alegrias e sofrimentos." As palavras da Dra. Laura revelam toda a importância dos envolvimentos amorosos dos jovens e da experiência de intensas e novas sensações sexuais.

Para quem está começando a caminhar por esta trilha, tanto as frustrações como as gratificações constituem experiências necessárias ao aprendizado, alicerces para os relacionamentos futuros. Pela própria vivência, o jovem irá descobrindo toda a riqueza afetiva, a ternura, as exigências, as renúncias e as doações que fazem parte do relacionamento com o outro sexo. Não se pode negar também a força dos impulsos sexuais na adolescência que cada jovem assume e expressa de formas variadas, de acordo com suas características pessoais e com a vasta rede de influências psicológicas e culturais.

Eles precisam aprender a enfrentar direta e conscientemente estes impulsos, para encontrar em si mesmos os meios de lidar com eles sem culpas excessivas e de controlá-los sadiamente sem inibições.

O aprendizado do amor exigirá do adolescente tempo, paciência e atenção, até que alcance sua plena maturidade, consistindo uma tarefa que se realiza lenta e gradativamente. Neste aspecto, a presença dos pais, mas uma vez representa um ponto de referência e apoio. O jovem está confuso e não tem consciência do que significa o amor, apenas o pressente. Os pais, então, podem ensiná-lo como usar sua sexualidade de maneira livre, responsável e ordenada, como controlar seus instintos e orientá-los para o amor.

Recém-saído da infância, o adolescente observa as relações dos mais velhos, mira-se no seu exemplo e aprende. Por isso, o casal que vive com felicidade e serenidade e dá testemunho de união e amor fecundo está contribuindo para que seus filhos se preparem mais adequadamente para a vida amorosa e sexual, impregnando-os com uma imagem positiva e saudável de amor conjugal.


SOB O SIGNO DA CONTESTAÇÃO

Os adolescentes precisam ainda se sentir amados e aceitos por seus pais, o que representa um suporte de segurança afetiva, tranquilidade e esperança para enfrentarem as crises e conquistarem sua identidade pessoal. Porém, se, durante os 10 ou 11 primeiros anos de vida, o filho não percebeu os pais como pessoas que o amavam e o compreendiam dificilmente se aproximará deles quando se tornar adolescente, mantendo-se arredio e rebelde. Uma boa interação, entretanto, não suprime os conflitos entre pais e filhos, já que a contestação também constitui marca registrada da adolescência.

"A contestação não é indício de um relacionamento ruim, mas surge da necessidade que o adolescente tem de avaliar os prós e os contras do que os pais lhe dizem, de experimentar suas possibilidades e de fazer suas escolhas. A partir disso, ele está exercitando e assumindo sua identidade" — orienta a Dra. Laura. Claro que nem sempre será possível para os pais terem muita paciência com estes treinos dos filhos, principalmente se entenderem suas atitudes como um desafio ou desrespeito. Mas, quanto mais permitirem a existência da contestação dentro do lar, melhor será o desenvolvimento do adolescente.

Além disso, é importante lembrar que, diante do filho adolescente, os pais também se sentem confusos e experimentam conflitos, decepções, preocupações e medos. Sentem, ao mesmo tempo, orgulho e alegria em ver os filhos crescerem; dor por saberem que os estão perdendo a cada dia para o mundo; e certa insegurança, pois eles mesmos estão deixando de ser um homem e uma mulher jovens para se tornarem pessoas maduras. Mas, de todas estas crises, nascerão pessoas novas e outra forma de relacionamento entre pais e filhos.

Fonte: www.catequisar.com.br


 

logo

Pub

 

REVISTA QUINZENAL

Revista Novas Ideias/Maio/2018


 foto   

 

foto


You Tube    Facebook
ACESSE CLICANDO NA IMAGEM

PORTAL JC.COM
A face de Jesus
 
JESUS TE OLHA

TERÇO COM
NOSSA SENHORA AUGUSTA
RAINHA DOS ANJOS
Sua Oração faz milagres

TERÇO DIVINA PROVIDÊNCIA 

 

TERÇO MISTÉRIOS GLORIOSOS 


Novas Ideias Reflexão Receitas do Paraná

 Comportamento Saúde Portal JC 

botão logo Portfólio Novas Ideias

LITURGIA DIÁRIA

CONSULTE PARA FICAR 

SEMPRE INFORMADO



anuncio


 


  ACESSOS AO PORTAL


    FOTO

 


A PARÁBOLA DO 

SEMEADOR

 

 

Naquele mesmo dia Jesus saiu de casa e se sentou à beira do lago.  Uma grande multidão se juntou ao seu redor. Havia tanta gente que Jesus entrou num barco e se sentou; e toda a multidão permanecia de pé na praia. Jesus lhes ensinou muitas coisas por meio de parábolas [a]. Ele dizia:

—Certo homem saiu para semear. 4 Enquanto semeava, uma parte das sementes caiu à beira do caminho e os pássaros vieram e as comeram.  Outra parte caiu no meio de pedras, onde havia pouca terra. Essas sementes brotaram depressa pois a terra não era funda, mas, quando o sol apareceu, elas secaram, pois não tinham raízes.  Outra parte das sementes caiu no meio de espinhos, os quais cresceram e as sufocaram. 8 Uma outra parte ainda caiu em terra boa e deu frutos, produzindo 30, 60 e até mesmo 100 vezes mais do que tinha sido plantado.  Quem pode ouvir, ouça.

Para que servem as parábolas

 Os discípulos de Jesus, então, se aproximaram dele e lhe perguntaram:

—Por que o senhor ensina o povo por meio de parábolas?

 E Jesus lhes respondeu:

—Somente a vocês é dado o privilégio de conhecer as verdades secretas do reino do céu e não aos outros.  Pois quem tem, receberá ainda mais e terá em abundância. Mas quem não tem, até o que tem lhe será tirado.  E é por isto que ensino o povo por meio de parábolas: Eles olham, mas não vêem; ouvem, mas não entendem.  Portanto, por intermédio deles acontece o que disse o profeta  Isaías:

“Vocês ouvirão mas, mesmo ouvindo, não conseguirão entender;

vocês olharão mas, mesmo olhando, não conseguirão ver.

 Isto acontece pois o coração deste povo está endurecido.

Eles taparam os ouvidos e fecharam os olhos.

Se não fosse assim, eles poderiam ver com os olhos,

ouvir com os ouvidos e entender com o coração,

e se voltariam para mim e eu os curaria”.

 —Mas felizes são os seus olhos, pois eles podem ver; e os seus ouvidos, pois eles podem ouvir.  Digo a verdade a vocês: Muitos profetas e homens justos desejaram ver as coisas que vocês vêem, mas não viram. Eles desejaram ouvir o que vocês ouvem, mas não ouviram.

Jesus explica a parábola do semeador

 —Ouçam o que a parábola  daquele que semeia quer dizer.  A semente que caiu à beira do caminho representa a pessoa que ouve a mensagem a respeito do reino, mas não a compreende, e Satanás então vem e tira as coisas que foram semeadas em seu coração.  A semente que caiu no meio de pedras representa a pessoa que ouve a mensagem a respeito do reino e a aceita imediatamente e com muita alegria.  Mas, como não tem raiz, não dura muito tempo. Assim que encontra dificuldades ou que é perseguida por causa da mensagem, abandona a sua fé.  A semente que caiu no meio de espinhos representa a pessoa que ouve a mensagem a respeito do reino mas é sufocada pelas preocupações com as coisas desta vida e pela ilusão das riquezas. Essa pessoa não produz nenhum fruto.  Mas a semente que caiu em terra boa representa a pessoa que ouve a mensagem e a compreende. Essa pessoa cresce e produz muitos frutos, algumas vezes trinta, outras sessenta e outras ainda cem vezes mais.


       ⇐ Voltar ao Início 

foto
 
"MINHAS PALAVRAS
NÃO PODEM ESPERAR"
Nossa razão de existir como um portal de divulgação

 

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.

Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.

Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.

Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.

Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,.

Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.

Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.

Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.

Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.

Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.

Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.

Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.

Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.

Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.

Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.

Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação

Salmos 91:1-16

 

 

⇐ Voltar ao Início